5 contos nacionais com protagonistas lgbt+


Faz pouco tempo eu resolvi tentar o kindle unlimited pela segunda vez. Da primeira acabou não dando muito certo: na época do primeiro teste que fiz, só queria poder ler um livro específico da série Cretino irresistível, e dos outros livros internacionais que apareciam nenhum me interessava e eu não tinha paciência pra procurar coisas por lá.

Dessa vez, minha intenção com o unlimited era bem específica: eu queria poder ler autores nacionais que publicavam de forma independente, e levando em consideração o preço desses livros, o preço da mensalidade do kindle unlimited e a variedade dentro do que eu procurava, parecia valer a pena. Peguei um teste grátis por 30 dias pra ver no que dava e descobri o maravilhoso mundo dos CONTOS ESCRITOS POR AUTORES NACIONAIS. É a maneira perfeita de ler histórias curtas, legais e diferentes, e agora me dá vontade de esmurrar a minha própria cara por nunca ter pensado na possibilidade de explorar mais essa parte da Amazon, principalmente a parte de romances lgbt+.

Nesse momento tô terminando de ler "Contando estrelas" da Thati Machado e já peguei "Sutilmente" da Nina Spim com ilustrações da Alice Gonçalves pra ler depois, então aproveitei pra fazer esse post indicando os outros que li até agora e fazer propaganda da Olivia e do Vitor que são autores da Página 7.

Os links dão direto pra página da Amazon com os ebooks.



ENTRE ESTANTES
Olívia Pilar
"Isabel quer provar para todos que pode ser boa no curso que escolheu. Mas o que ela não imaginava ao ir buscar um livro na biblioteca da faculdade é que, antes de provar qualquer coisa, ela precisa conhecer a si mesma."
Conto super curto, super fofo e você termina chateadíssima exatamente porque ele é fofo e curto e dá vontade de ler mais mas NÃO TEM, Olivia foi cruel. Principalmente porque em poucas páginas ela consegue criar uma personagem redondinha e com a qual o leitor consegue se identificar com facilidade. Romance tendo início numa biblioteca, quem não queria algo assim? Aliás, é perfeito pra quem quer um romance curto e com uma representação maravilhosa de protagonistas negras e lgbt+. Dá pra todo mundo ler e terminar feliz.


TEMPO AO TEMPO
Olívia Pilar
"Carolina e Elisa não poderiam ser mais diferentes. Unidas por uma forte amizade, juntas formam o equilíbrio perfeito. Mas conforme os anos passam, elas percebem que o sentimento que nutrem uma pela outra pode ser mais forte do que imaginavam."
Olha a Olívia aqui de novo! Esse conto também é curto e fofo, e nesse caso, ele cobre todos os (muitos) anos de relacionamento entre as duas protagonistas, começando com a amizade entre as duas quando mais novas. Acho que esse é meu conto preferido dela e me deixou toda boba com a história. E esse também têm protagonistas negras.


EU E ELA
Maria Hollis
"Uma semana atrás, tudo mudou entre Lara e Nicole. Agora, em uma tarde de verão na piscina, tudo está prestes a mudar de novo."
Mais um conto curtinho e fofo, com protagonistas lgbt+ e uma delas é asiática - mais uma vez, representatividade importa. Esse eu senti que tem o tamanho que precisava ter pra contar essa parte da vida das duas garotas, e mesmo curtinho eu fiquei torcendo pra tudo dar certo no final.


DE TODOS OS MOTIVOS
Vitor Castrillo
"Confuso com seus sentimentos, Pedro recorre à internet e escreve em um fórum sobre a amizade e seus sentimentos por Henrique, seu melhor amigo. Em busca de ajuda e palavras de incentivo que o façam tomar a iniciativa que precisa para descobrir o que realmente existe entre os dois além da forte amizade."
Procurar ajuda na internet pra entender o que é que tá acontecendo, quem nunca. Um hino em forma de ebook com metáforas fofas, dá vontade de trancar os protagonistas num quartinho até que eles ENTENDAM O QUE É QUE TÁ ACONTECENDO. Uma coisa meio now kiss!, sabe.


A ROSA DE ISABELA
Solaine Chioro
"Isabela acaba de se mudar para uma pequena cidade no interior de São Paulo com a sua família e, enquanto suas irmãs ainda parecem se ajustar àquela nova realidade, a jovem sente-se confortável no novo ambiente. O infortúnio, porém, acaba entrando em suas vidas quando sua mãe se desespera, afirmando ter encontrado o monstro que habita a floresta, protagonista de uma antiga lenda da cidade. Decidida a tranquilizar sua mãe, Isabela vai à procura de tal fera e acaba se surpreendendo com o que encontra e com a proposta que recebe."
Releitura de "A bela e a fera" com protagonistas negras e lgbt+, precisa mais do que isso pra ser feliz?

2 comentários :

  1. COmo eu nunca pensei nisso, aaaaaaa???????
    Estou a exatamente uma semana me perguntando se assino novamente porque na época que assinava também era mega recente e a maioria dos títulos eram ruins. Depois dessa vou assinar e navegar nessa categoria que até então não tinha passado pela minha cabeça. Muito obrigada! <3

    Pale September

    ResponderExcluir
  2. Tenho vontade de usar o Kindle Unlimited, e sabendo que tem tantos contos nacionais bons, a vontade só aumenta!
    Curti a premissa dos contos que você citou e vou já adicioná-los à minha lista de leituras futuras (conhecia só os da Olívia Pilar).
    Abraços ^^

    ResponderExcluir