BIENAL 2016: nem começou e já tudo dói



O post de hoje não vai ter a imagem de abertura bonitinha, pelo menos não até eu voltar pra casa dia 4 ou 5 e puder editar. Até tinha preparado uma, mas resolvi mudar o assunto do post de última hora. Então vai um pato mesmo. Também não vai ter formatação direito, porque estou dependente do app do blogger. Se o post sair sem querer, sei lá, em klingon, vocês me perdoem e joguem no google tradutor.

Nunca, na minha vida, arrumei uma mala tão pesada. Na verdade é uma mala, uma bolsa com uma manta, um tênis e um moletom e uma ecobag fazendo as vezes de bolsa.

Metade da mala é comida. Eu não tô brincando. A quantidade de chocolate e bolacha/biscoito é suficiente pra bienal inteira. Mas sou descontrolada, e mesmo depois de comer pizza, coca-cola e chocolate quente ainda quero comer tudo já hoje. A ideia era me poupar de ter que ir atrás disso em supermercado por aqui. Veremos.
A ideia também era que, assim que a comisa acabar, a mala obviamente se encherá de livros.

O que vai deixá-la ainda mais pesada.

Eu já mencionei o quanto essa mala está pesada?

Está pesada o suficiente para ter sido jogada escadinha abaixo quando saí do elevador do prédio em que minha amiga mora, porque eu não tinha mais nem força física nem emocional para arrastar esse troço - e olha que ela tem rodinhas.

Queria que meu emocional tivesse rodinhas, seria mais fácil carregá-lo por aí. Ou não, já que a própria mala já está difícil, imagina aí umas décadas de probleminhas.

Também cheguei em São Paulo toda encapotada de casaco e cachecol, porque FRIO, mas dei de cara com um baita sol. 
Deus zoando com a minha cara obviamente.

Tira casaco.

Depois de carregar o celular, fui atrás de pizza, dorflex e pokémon, e cadê aquele calorzinho de tarde? O ventinho parece virar gelo quando bate na minha perna.

Bota casaco. E cachecol. E meia-calça por baixo da calça.

Agora estou alimentada e me preparando para um banho, enquanto considero gastar um rim de táxi/uber amanhã para ir para a montagem do estande, porque vou de mala e tudo para depois ir para o apartamento onde vou ficar de vez até o fim da Bienal. Porque eu não vou carregar essa mala pesada.

E preciso das minhas mãos livres para pegar pokémon, porque São Paulo parece um par de pokestop.

Prioridades.

8 comentários :

  1. Miga, cê vai montar stand na bienal? Cê fez livro, quadrinho... me contaa!!

    ResponderExcluir
  2. Bem vinda a São paulo, a esse tempo que não faz o menor sentido e aos pokestops (de que sim, nos orgulhamos mesmo não tendo feito nada). Tem um grupo que chama Pokemon Go das Mina que as vezes indica os melhores pontos pra cada tipo de Pokemon #diquinhas.

    Tudo indica que não vou conseguir visitar a Bienal esse ano, ia levar minha prima pequena, mas aconteceram coisas. Então, aproveite e conte tudo depois! <3

    Boa sorte com a mala (na ida e na volta!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MDS eu precisava de um grupo desse aqui pra Campinas, voltei a pegar os mesmos pokemons de novo D:

      Excluir
  3. Texto tão honesto e realista que doeu em mim ter que carregar essa mala. Alguém já te disse que você escreve muito bem? Mulher, juro, me apaixonei pelo modo como você trata as palavras e as usa; queria ser metade do que você é.
    Tomara que você esteja bem, viu? Sobreviva comendo esses doces todos, comprando esses livros todos e caçando esses pokemons todos haha só sobreviva.

    Beijos,
    Bi.

    - www.naogostodeunicornios.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada *-*
      E EU SOBREVIVI \o/ minhas mãos se recuperaram, minhas pernas ainda doem porque já voltei a caminhar mas tá de boa ^^

      Excluir
  4. Um dia, provavelmente quando tiver terminado a faculdade, vou pra Bienal. NÃO DÁ PRA LARGAR OS ESTUDOS + TRABALHO, SOCORRO!
    Mala com rodinhas pra carregar o emocional: necessário, mas os trauminhas, sei não.

    Guria, tu não concluiu o BEDA, mas não tem problema: parabéns pelo tanto de dias conseguidos o/ Eu quase deixei de lado também porque A VIDA, ela se meteu no caminho. Mas consegui - naquelas, né - ir até o fim e te indiquei lá ♥

    ;*

    ResponderExcluir