GATA GAROTA

›› autora: fefê torquato
›› editora: nemo
›› ISBN: 9788582861356
›› onde comprar: saraiva | cultura | amazon | submarino
›› livro enviado de cortesia
compras feitas pelos links indicados geram uma pequena comissão ao blog
sinopse: Gigi (…) descende de uma família de gatos-gente, únicos de sua espécie, até onde se sabe… (…) Neste volume, Gigi enfrenta problemas cotidianos, como roubar assentos alheios, torturar insetos por horas, conviver com a líder da família, Fefê – que pode ou não estar enlouquecendo – e com o ciúme de seu namorado, Danilo, que desconfia não ser o único. Pare o que estiver fazendo e leia esta série. Tem gatos.

Quando a Nemo anunciou o lançamento de Gata Garota eu já fiquei em estado de alerta porque gatos. Nem sabia do que se tratava, qual era o clima da história, quem era a autora, mas tinha gato no título, então obviamente essa HQ ser ruim não era uma opção. Algum tempo passou, chegou em casa uma caixa da editora. Com a caixa no colo e tentando em vão abrir só com as mãos (quem já recebeu caixa de livro pelo correio sabe a quantidade de fita adesiva vem no negócio), meu cérebro achou que era uma boa hora pra tornar a frase “pra que faca e tesoura se eu tenho DENTES” algo coerente e lógico, então fui loucamente rasgando a caixa e quase perdi os dentes no meio do processo. Mas o importante é que, entre as HQs que vieram, estava Gata Garota, da Fefê Torquato, e como toda pessoa controlada e que tem noção de prioridades na vida, larguei o que estava fazendo (eu nem lembro o que eu estava fazendo!) e fui ler. Inclusive atualmente eu perdi as contas de quantas vezes já reli.

Um vídeo publicado por mareska (@mareskawho) em



Já foi paixão à primeira vista na sinopse, que descreve um pouco da Gigi, a protagonista: “Gigi é uma garota que passa metade do seu tempo dormindo, a outra metade comendo e o dia inteiro entediada”. Eu sou Gigi e Gigi sou eu, e depois de ter sentido essa conexão espiritual quase imediata com ela, comecei a ler.

A HQ começa num tom meio sério, falando sobre a noite e seres misteriosos, e o primeiro episódio é basicamente a Gigi sentada na pia do banheiro em sua forma de gata, derrubando um copo sem nenhuma razão aparente, com aqueles olhos de gato do Shrek, enquanto o namorado dela só suspira, frustrado.


Não existe vocabulário suficiente pra expressar minha paixão por essa HQ gente, socorro. Ela simplesmente derruba o copo porque gatos derrubam copos sem motivo aparente, por puro tédio, eu sei que falando assim vocês devem estar me olhando com a cara que o namorado da Gigi fez quando ela derrubou o copo, mas tenho certeza de que quem tem gatos (ou passa parte do tempo vendo videos e gifs de gatos na internet) vai entender porque é que eu dei tanta risada em tipo 3 quadrinhos.

A maneira como a autora conseguiu botar a personalidade de gato na Gigi em situações comuns é maravilhosa. Eu lia e ficava rindo porque MEUS GATOS FAZEM TUDO ISSO. Roubam lugares dos outros, ficam rondando pedindo comida até você botar pra eles, pedem carinho depois arranham porque sim, param de prestar atenção quando você está falando com eles. A Gigi faz tudo isso, gente. É sensacional. E como se não bastasse esses episódios maravilhosos apresentando a personagem, tem a trama da história, que não dá pra falar muito senão vou acabar soltando spoiler, mas já tô sofrendo pelo meu ship Danigi (desculpa gente, não consegui achar outro nome). Mas basicamente envolve famílias de gatos e suas lideranças e gatos-gente misteriosos.

Vale MUITO a pena visitar o tumblr com as aventuras da Gata Garota, não só porque ❤ Gigi❤ mas porque alguns quadrinhos são em gif e meu deus é muito amor. Também vale a pena seguir a autora nas outras redes sociais dela, principalmente o instagram, o canal no youtube e o snapchat (fefetorquato). A HQ tem um formato comprido e por ser toda em preto e branco com esses ruídos em cinza, de tanto reler, acabei deixando marcas das minhas digitais pelo livro todo mas O LIVRO É MEEEEEEEEEEEU EU MARCO O QUE EU QUISEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEER!

Tem gatos, gente. Não dá pra ser mais maravilhoso. Obrigada Fefê Torquato pela existência da Gigi ❤



outras resenhas

Isabelle no Delirium Nerd
Larissa no Inspiration Box


4 comentários :

  1. Já gostei do livro! Quero. Muito!!!!
    Também amo gatos.
    Por esse post o livro parece ser muito legal!!!! Já será adicionado na minha lista.

    ResponderExcluir
  2. Eu jurava que fosse um livro-livro e não uma HQ. Não sou a maior fã de HQs, mas SUPER quero ler essa. Quer dizer, OLHA ESSA SINOPSE, SABE? Necessito. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VEM SE APAIXONAR PELA GIGI VOCÊ TAMBÉM

      Excluir