VAMOS JUNTAS? - O GUIA DA SORORIDADE PARA TODAS


›› autora: Babi Souza
›› editora: Galera Record
›› ISBN: 9788501107510
›› número de páginas: 124
›› onde comprar: cultura | saraiva | submarino | amazon
compras feitas pelos links indicados geram uma pequena comissão ao blog
Sinopse: Depois de mais um dia voltando sozinha à noite do trabalho, Babi Souza notou outras mulheres indo sozinhas pelo mesmo caminho e na hora pensou: "por que não íamos todas juntas?". Daí nasceu o movimento Vamos juntas?, incentivando a sororidade e quebrando mitos como o de mulheres serem naturalmente competitivas umas com as outras.

Quando eu era mais nova e escutava pessoas dizendo que mulheres eram invejosas e inimigas por natureza, sempre competitivas entre si e que, por isso, nunca eram amigas de verdade, eu ficava muito confusa. Porque eu tinha amigas de verdade. Alguns laços eram mais fortes que outros, mas eu olhava pra elas e não conseguia enxergar essa coisa do "mulheres não são amigas". A maioria das pessoas do meu círculo de amizade eram mulheres, na minha casa elas sempre foram maioria. Minhas tias sempre foram muito amigas entre si. Eu tinha centenas de exemplos ótimos de amizades femininas.


Mas mesmo não tendo caído na cilada de acreditar que mulheres não eram amigas de verdade, eu caí na de achar que eram sempre, de alguma forma, competição. Eu ainda resistia contra essa ideia quando era com as minhas amigas, mas com as outras mulheres, fui empurrada nesse direção fácil. Todas nós fomos. Todas nós somos levadas a vida inteira a acreditar que precisamos ser mais bonitas que as outras. Se não mais bonita, a mais arrumada. Se não a mais bonita ou mais arrumada, então a mais inteligente. Todas nós, em algum momento da vida, olhamos aquela garota que tinha muitos amigos meninos e pensamos que ela provavelmente estava fingindo alguma coisa pra ter atenção. Já olhamos torto aquela menina que começou a explorar a própria sexualidade com mais liberdade e consideramos que obviamente ela deveria ser uma piranha. A inimiga que certamente teria um dia péssimo ao nos ver bem em alguma coisa.

Passamos a vida toda olhando outras mulheres e vendo as outras ao invés de ver nós todas. E o momento em que consegui perceber isso, em que consegui começar a mudar meu olhar pra enxergar melhor esse nós todas, mudou minha vida pra melhor. Eu não preciso ter raiva da garota que é mais bonita, ou mais arrumada, ou mais inteligente do que eu, pelo contrário: eu vou torcer por ela, porque sei que ela também torce por mim. A garota que tem muitos amigos homens não é uma attentionwhore, a que explora a própria sexualidade como quer não é uma piranha. E quanto à figura da inimiga, talvez a gente tenha mesmo ao longo da vida algumas inimizades, desavenças ou só raiva dela mesmo, mas quando você aprende a exercitar a empatia, também consegue entender melhor o quanto desse sentimento é mesmo alguma diferença grande entre vocês e o quanto é um resquício desses julgamentos que a nossa sociedade machista nos enfia goela abaixo ao longo da vida.


E o Vamos juntas? traz uma ideia tão simples de incorporar na nossa vida. Ficar ao lado de outras mulheres, literal e metaforicamente. Gestos pequenos que fazem uma diferença tão grande! É só ir lá na página no facebook e ler os relatos. Esse movimento é um tabefe no meio da cara de quem gosta de dizer que "esse pessoal só sabe reclamar na internet". Taí. Começou na internet e se espalhou pra vida de muitas mulheres no país inteiro.

Nem pensei duas vezes antes de colocar o livro na lista de leituras que eu sabia que tinha que fazer. Além de ser todo bonitinho, ele fala de sororidade e feminismo de uma forma simples e fácil de entender, e toda mulher consegue se identificar fácil. Adorei a forma como ele parece ser ao mesmo tempo uma maneira ótima de colocar em palavras alguns conceitos e ideias que às vezes a gente não consegue explicar e um ponto de partida excelente pra quem começou agora a conhecer essas ideias e anda cheia de dúvidas. Queria poder sair distribuindo esse livro por aí, vê-lo sendo adotado em colégios ou sendo comprado pra fazer parte da biblioteca deles.

A gente tem que começar por algum lugar, e pelo Vamos juntas? é um começo excelente.


›› outras resenhas

Tem a da Anna lá no Pausa para um café
A Paola falou sobre ele no Livros e fuxicos
A Flávia resenhou lá pro Livros e chocolate

Nenhum comentário :

Postar um comentário